Sindicato dos Servidores das Autarquias de Fiscalização Profissional e das Entidades Coligadas no Estado do Rio de Janeiro
Assédio Moral
COOPFISPRO
Agenda
01/05
Dia do Trabalhador

02/05 - 19h
Assembleia CRBio2

03/05 - 18h
Reunião no CRB7

04/05 - 14h
Reunião no Crefono

09/05 - 17h
Reunão no CRN-4

11/05 - 10h
Reunião no CREMERJ

12/05 - 15h
Assembleia presencial no CRA

25/05 - 10h30
Audiencia online Conrerp

Banner

A sanção da Lei de Acesso à Informação completa 10 anos nesta quinta-feira entre avanços e obstáculos que permanecem para a transparência dos dados públicos no Brasil. Nesse período, foram mais de 1 milhão de pedidos de acesso à informação, segundo a Controladoria-Geral da União.

A Constituição de 1988 já estabelece a publicidade como princípio da Administração Pública, mas só com a LAI, a Lei de Acesso à informação, publicada 23 anos após a carta magna, é que a publicidade dos dados públicos foi regulamentada no Brasil.

A professora de Comunicação da Universidade de Brasília, Elen Geraldes, avalia que a legislação provocou uma mudança na mentalidade das pessoas que lidam com questões de interesse público.

Talvez a categoria que mais faz uso da LAI é a de jornalistas. A diretora da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, a Abraji, Katia Brembatti, avalia que a lei libertou os profissionais da imprensa de depender da boa vontade de gestores e servidores públicos de fornecerem as informações.

Apesar dos avanços, a jornalista acredita que ainda são usadas algumas brechas na lei para se negar o acesso à informação no país.

Um levantamento feito neste ano pela Associação dos Jornalistas Investigativos do país mostrou que mais da metade dos profissionais da imprensa que fizeram pedidos via LAI encontraram dificuldades para obter os dados. Os principais problemas são os atrasos nas respostas, aplicação de sigilo considerado indevido e respostas que não condizem com as solicitações.

Por unanimidade, nesta última segunda (8), a assembleia dos trabalhadores do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU-RJ) aprovou a aceitação do Acordo Coletivo de Trabalho da categoria.

“Houve alguns avanços neste novo ACT e vai ser concedido o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) como reajuste”, avaliou o presidente do SINSAFISPRO, José Walter.

Com 90,6% dos votos válidos, a Chapa Firmes na Luta foi eleita pelos filiados do SINSAFISPRO. “O nosso compromisso é com os trabalhadores”, frisou o novo presidente do SINSAFISPRO, José Walter, lembrando que esta sempre foi a principal razão do sindicato desde a sua fundação em 1991. “Essa pandemia deixou um saldo negativo, mas continuamos vivos e fortes para lutar. Não vamos deixar alguns conselhos e ordens se aproveitar do momento e não dar a devida compensação aos funcionários. Foram eles que se dedicaram em home-office ou presencialmente, inclusive expondo-se ao vírus, para manter estas instituições funcionando”.

A eleição on-line aconteceu, nesta sexta (29), das 9h às 17h. Por conta da tecnologia, os votos foram rapidamente computados. A organização avalia o pleito como satisfatório pela forma ágil e prática, embora tenha constatado a dificuldade de parte dos filiados em assimilar a nova sistemática. Vale ressaltar que esta foi a primeira eleição do sindicato, de forma eletrônica, já que todas as outras realizadas até hoje foram feitas de forma manual, com urnas e cédulas impressas.

Confira os nomes e os cargos da chapa vencedora:

PRESIDENTE – JOSE WALTER ALVES JUNIOR (CREA-RJ)

VICE-PRESIDENTE – Efetivo: RENATA CRISTINA LOPES RODRIGUES BISPO (OAB-RJ), Suplente: ALINE CORDEIRO PEÇANHA (OAB-RJ), Suplente: GLAUCIO SANTOS E SILVA (CRECI-RJ).

SECRETÁRIO-GERAL – Efetivo: THIAGO VAZ BARBOSA (CORECON-RJ), Suplente: ALEX JORGE DE SOUZA VERAS (CREA-RJ), Suplente: YASMINE DINIZ RABELLO (CRP-RJ).

1º. TESOUREIRO – Efetivo: MARCELO BAPTISTA DE FIGUEIREDO (CRBio-RJ), Suplente: EDILSON MOREIRA DOS SANTOS (CRESS-RJ) Suplente: NORMA VIEIRA DA SILVA SANTOS (CREFONO1).

2º. TESOUREIRO – Efetivo: MARCIO MOREIRA BRAGA (CREFONO1), Suplente: RENATA MATOS DA COSTA (CREMERJ), Suplente: ZORAIA TOGNARELLI DA CRUZ (CRN-RJ).

DIRETOR DE EDUCAÇÃO, CULTURA E SAÚDE – Efetivo: ODILIA DA SILVA CASTRO ALVES (CREMERJ), Suplente: PAULO SERGIO PANARO DOS SANTOS (COREN), Suplente: AUXILIADORA ANA DE LACERDA (CREMERJ).

DIRETOR DE INFORMAÇÃO, COMUNICAÇÃO E FORMAÇÃO SINDICAL – Efetivo: MOISES MUNIZ DE ARAUJO (CAARJ), Suplente: DIEGO DO REGO BARROS (CREFITO), Suplente: ARMANDO EDSON SOUSA PINTO (CRA-RJ)

CONSELHO FISCAL – Efetivos: SERGIO ANTONIO DE ARAÚJO (CRP-RJ), RICARDO TAVARES DE ALMEIDA (CRECI-RJ) e ANA MARIA MARTINS TARANTINO (CRBio-RJ). Suplentes: APARECIDA MARIA DA SILVA (CRQ-RJ), ELIZABETH MENDES ESPÍNDOLA (CREFONO1) e LEONARDO DA SILVA MIRANDA (CAARJ).

As senhas para votar nas eleições do SINSAFISPRO foram enviadas, nesta última segunda (25), para os filiados por e-mail. A Comissão Eleitoral pede que as caixas de correio eletrônico sejam checadas e lembra que apenas, no dia do pleito, na próxima sexta (29), os aptos a votar podem acessar a plataforma (https://sinsafispro-rj.elejaonline.com) e efetuar o cadastro que vai permitir o voto eletrônico. O sistema vai pedir, a partir da senha provisória enviada, a criação de uma nova senha, que deve ser única e intransferível para garantir maior segurança ao processo.

Para evitar os riscos de contaminação do novo coronavírus (Covid-19), as eleições para nova diretoria do SINSAFISPRO-RJ serão realizadas por meio eletrônico pela internet, através da página https://sinsafispro-rj.elejaonline.com.

Quando será a eleição?
A eleição ocorrerá no dia 29 de outubro de 2021.

Como será a votação?
A votação será virtual, por conta da pandemia de coronavírus e da necessidade de se evitar aglomerações. Leva-se em conta ainda que grande parte dos associados está em regime de home office.

Como votar?
Os filiados receberão, dias antes da eleição, uma senha que será enviada para o seu e-mail e para o número do seu telefone celular, via SMS, que constam cadastrados junto ao SINSAFISPRO-RJ. Os trabalhadores aptos a votar precisam estar com o cadastro atualizado junto ao Sindicato.

Quando começa e acaba a votação?
A votação iniciará às 09h01min do dia 29 de outubro e vai se encerrar às 17h de forma ininterrupta, conforme edital publicado na convocação da eleição.

Onde votar?
Será possível votar de qualquer celular ou qualquer computador com acesso à internet.

Quem pode votar?
Está apto a votar, o sindicalizado que na data da eleição tiver:
a) mais de três meses de inscrição, pelo menos, no quadro social;
b) quitado as mensalidades até 30 (trinta) dias antes das eleições;
O licenciado e quem esteja com processo de reintegração junto ao sindicato também tem direito ao voto.

O que é a Comissão Eleitoral?
A Comissão Eleitoral conduz todo o processo de eleição do Sindicato. Sua escolha é democrática: seus integrantes foram eleitos em assembleia. Obedecendo o Estatuto do sindicato, ela determinou prazos para inscrição de chapas e para impugnação de candidatos, dias de votação e como será a votação. Todo o processo e cada etapa foram amplamente divulgados por meio de editais e matérias veiculadas no site e nas redes sociais do SINSAFISPRO.

Quem está concorrendo?
Foi inscrita uma única chapa, Firmes na Luta.

O que faz a diretoria do Sindicato?
A diretoria do Sindicato negocia acordos com os Conselhos e Ordens; organiza a luta na defesa dos direitos e em busca de novas conquistas.

Por que é necessário votar mesmo que só tenha uma chapa concorrendo?
Uma diretoria, eleita com ampla participação dos sindicalizados, fortalece o Sindicato na mesa de negociação com os gestores dos Conselhos/Ordens de Fiscalização Profissional.

Um Sindicato forte, com uma diretoria eleita com apoio expressivo dos filiados, é fundamental para barrar retrocessos. Exerça seu direito e não deixe de votar!

Comissão Eleitoral do SINSAFISPRO-RJ

Screenshot_20211020-181221_Instagram

O SINSAFISPRO lamenta com pesar o falecimento de Osvaldo Florentino de Andrade. O nosso filiado era funcionário do Conselho Regional de Medicina (Cremerj). Não houve velório e o corpo foi sepultado, nesta quarta (14) à tarde no cemitério Parque da Paz, em São Gonçalo. Toda nossa solidariedade e apoio aos amigos e familiares de Osvaldo.IMG-20211014-WA0041

No próximo dia 29 de outubro, os filiados do SINSAFISPRO irão eleger a próxima diretoria para administrar o sindicato. Em virtude da pandemia, o pleito será on-line e cada um dos filiados vai receber um código para votar. Entre as medidas para garantir a segurança do processo, a plataforma de votação vai pedir a confirmação do telefone do eleitor, portanto pedimos que nos enviem para o email gerencia@sinsafispro.org.br o número atualizado dos celulares. Esta informação será usada exclusivamente para este fim pelo sindicato.

Comissão Eleitoral do SINSAFISPRO

O SINSAFISPRO encaminhou expediente ao Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio (CAU-RJ), nesta terça (5), com a decisão da assembleia dos trabalhadores em resposta à contraproposta da autarquia. O documento reafirma ao presidente do órgão, Pablo Cesar Benetti, que a categoria se mantém em estado de mobilização permanente até os reajustes de salários e benefícios e a revisão da plenária da entidade sobre o retorno ao trabalho presencial, considerando a demanda de cada setor.

“Haverá, inclusive, uma reunião na próxima quinta de manhã com o Grupo de Discussão sobre trabalho híbrido no CAU-RJ”, aponta o presidente do SINSAFISPRO, Adjarba Oliveira, destacando que os trabalhadores debateram exaustivamente, na assembleia do dia 23 de setembro, a contraproposta antes de responderem ao Conselho. “Os trabalhadores estão apreensivos, mas a expectativa é pelo diálogo, prevalecendo a visão social e humana, além do esforço de todos pela imediata celebração do Acordo Coletivo de Trabalho”.

Coerência e isonomia de tratamento para o coletivo das(os) trabalhadoras(es) do CAU/RJ estão entre as principais reivindicações da categoria.

Outubro chegou e um conhecido grito de indignação vai ganhar corpo, neste sábado (2), pelo Brasil e por outros cantos do mundo. A aversão pelo atual senhor que ocupa a cadeira da presidência só cresce e ganhou as manchetes internacionais, quando o cínico não teve o menor pudor em mentir e manipular dados e números na ONU sobre o meio ambiente e questões sociais. O país nunca esteve tão desmoralizado internacionalmente. Internamente, a população sofre com a alta dos preços dos alimentos, apelando inclusive para fragmentos de arroz e casca de feijão. Inflação, desemprego, pandemia, mas o pulso ainda pulsa.

Ele nega à ciência, às vacinas e aos cuidados básicos que podiam evitar as 600 mil mortes de brasileiros. Ele insiste em defender para todo o planeta um tratamento precoce ineficaz e que pode, inclusive, prejudicar ainda mais a saúde das pessoas. Corrupção, rachadinha, Temer, Centrão, mas o pulso ainda pulsa.

Nós não vamos desistir de ver pelo menos um dos mais de 100 pedidos de impeachment votados pelo Congresso. Nós recusamos que a República seja comandada por milicianos. Acreditamos na Justiça e que um dia o Tribunal de Haia ainda irá julgar o culpado-mor por todo este genocídio.

Se o nosso grito for em vão, diremos a quem vier que nunca fomos cúmplices. E que lutamos pela democracia e por uma vida digna com liberdade e responsabilidade. Deus está no meio de nós e a pátria também somos nós.

#dia2forabolsonaro
#ForaBolsonaroeSuaQuadrilha

A Comissão Eleitoral do SINSAFISPRO-RJ comunica aos filiados que no dia 29/10/2021 será realizada a eleição da diretoria que irá assumir a gestão do sindicato no triênio (2021/2024), tendo como concorrente a chapa Firmes na Luta, confira os integrantes e cargos:

PRESIDENTE – JOSE WALTER ALVES JUNIOR (CREA-RJ)

VICE-PRESIDENTE – Efetivo: RENATA CRISTINA LOPES RODRIGUES BISPO (OAB-RJ), Suplente: ALINE CORDEIRO PEÇANHA (OAB-RJ), Suplente: GLAUCIO SANTOS E SILVA (CRECI-RJ).

SECRETÁRIO-GERAL – Efetivo: THIAGO VAZ BARBOSA (CORECON-RJ), Suplente: ALEX JORGE DE SOUZA VERAS (CREA-RJ), Suplente: YASMINE DINIZ RABELLO (CRP-RJ).

1º. TESOUREIRO – Efetivo: MARCELO BAPTISTA DE FIGUEIREDO (CRBio-RJ), Suplente: EDILSON MOREIRA DOS SANTOS (CRESS-RJ) Suplente: NORMA VIEIRA DA SILVA SANTOS (CREFONO1).

2º. TESOUREIRO – Efetivo: MARCIO MOREIRA BRAGA (CREFONO1), Suplente: RENATA MATOS DA COSTA (CREMERJ), Suplente: ZORAIA TOGNARELLI DA CRUZ (CRN-RJ).

DIRETOR DE EDUCAÇÃO, CULTURA E SAÚDE – Efetivo: ODILIA DA SILVA CASTRO ALVES (CREMERJ), Suplente: PAULO SERGIO PANARO DOS SANTOS (COREN), Suplente: AUXILIADORA ANA DE LACERDA (CREMERJ).

DIRETOR DE INFORMAÇÃO, COMUNICAÇÃO E FORMAÇÃO SINDICAL – Efetivo: MOISES MUNIZ DE ARAUJO (CAARJ), Suplente: DIEGO DO REGO BARROS (CREFITO), Suplente: ARMANDO EDSON SOUSA PINTO (CRA-RJ)

CONSELHO FISCAL – Efetivos: SERGIO ANTONIO DE ARAÚJO (CRP-RJ), RICARDO TAVARES DE ALMEIDA (CRECI-RJ) e ANA MARIA MARTINS TARANTINO (CRBio-RJ). Suplentes: APARECIDA MARIA DA SILVA (CRQ-RJ), ELIZABETH MENDES ESPÍNDOLA (CREFONO1) e LEONARDO DA SILVA MIRANDA (CAARJ).

A eleição será realizada por meio eletrônico pela internet, através da página https://sinsafispro-rj.elejaonline.com/, no período das 09h01min às 17h00 do dia 29/10/2021, considerando-se o horário oficial de Brasília – DF, mediante o uso de senha individual provisória, a ser previamente fornecida aos filiados por meio de endereços de e-mail e/ou serviços de mensagens curtas (SMS), em até, no máximo, 5 (cinco) dias antes da data da eleição, depois de confirmada a condição de eleitor.

2021 – Edital Registro Chapa-Mural